Jogos Vorazes | 1º prequel será produzido em 2022 e adaptará ‘A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes’

Publicidade
Publicidade

Jogos Vorazes é sem nenhuma dúvida uma das maiores franquias de adaptação literária do mundo. Tendo quatro filmes lançados entre 2012 e 2015, a Lionsgate Entertainment alavancou o sucesso do universo criado por Suzanne Collins (autora da trilogia de livros homônimos) dentro do cinema e da cultura pop.

Além de emplacar ótimos números nas bilheterias mundiais e impulsionar as vendas dos livros – que já eram considerados best-sellers – os filmes também revelaram Jennifer Lawrence como um novo talento da 4ª arte. E mesmo que as últimas duas partes tenham tido uma baixa de críticas, a franquia ainda é um grande sucesso.

Publicidade

Mas não se enganem, pois Panem ainda guarda muitas histórias a serem contadas. E isso foi evidenciado com o lançamento do livro “A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes”, em 2020. Uma década após a conclusão da trilogia original (2008-2010), tivemos a história de origem do tirano Presidente Snow.

Anunciado no ano passado, a produção de um novo spin-off baseado nesta novíssima história está prestes a tomar forma. Por isso, venham com o Sanatório Geek e conheçam mais sobre a origem deste antagonista e como a sua aventura solo será adaptada em mais um filme!

Qual é a história de ‘A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes’?

Jogos Vorazes
(reprodução: Editora Rocco)

Quando anunciado, em 13 de agosto de 2019, o 1º spin-off oficial de “Hunger Games” (no original) levou todos os fãs à loucura de imediato. Inclusive a nós, do Sanatório Geek, que soubemos junto aos demais que a nova história se passaria 64 anos antes da trajetória em que todos acompanhamos Katniss.

Tendo início durante a colheita de tributos para a 10ª edição dos Jogos Vorazes, o novo livro foi previamente nomeado como “Untlited Panem Novel”, também recebendo uma data de estreia para 19 de maio de 2020 e uma capa provisória. Vejam-na lado a lado com a capa e título oficiais escolhidos ao final.

Regionalizado como “A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes”, a nova trama trouxe uma inversão de papéis, onde o já conhecido antagonista da saga se tornou o nosso protagonista. Mas não se enganem, pois assim com heróis têm suas histórias de origem, os vilões também possuem seus próprios trilhos.

Aos seus 18 anos de idade, Coriolanus Snow é um dos selecionados para o primeiro programa de mentoria nos Jogos Vorazes, vendo isso como uma oportunidade de recuperar a glória de sua família – perdida 10 anos antes, durante a guerra entre a Capital e os Distritos – ele é surpreendido ao ser resignado como mentor de Lucy Gray, uma garota espirituosa do Distrito 12.

+ Veja também: Stranger Things: 4ª temporada | Análise do novo teaser e o lançamento em 2022

Em mais uma trama política de Collins, temos por outra vez mais um trio de jovens protagonistas, formado por Snow, Lucy Gray e o jovem rebelde da Capital, Sejanus Plinth. As diferenças entre suas personalidades é tão acentuada que é difícil não criar expectativas para vê-los em ação nas telas.

Apesar de ter desagradado muitos dos leitores, A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes foi um livro que me prendeu mais uma vez no mundo distópico de Panem. Me fazendo passar por todos os tipos de sentimentos. Principalmente raiva do Snow, que foi construído de forma brilhante, sem romantizá-lo de formas desnecessárias [humilde opinião do redator].

❄️ Snow cai como a neve, sempre por cima de tudo ❄️

Qual é a história de ‘A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes’?
(reprodução: Lionsgate)

A produção do live-action de ‘A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes’

A produção do live-action de ‘A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes’
(reprodução: Scholastic)

Com pouco menos de um mês para o lançamento do novo livro, o Deadline, assim como outras fontes de confiança, veio em abril de 2020 oficializar a produção de mais um filme. Isso mesmo, o projeto acabou sendo anunciado antes mesmo de A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes chegar ao público.

Com essa revelação, Suzanne Collins tratou de elogiar a Lionsgate por suas prévias adaptações dos livros da autora, depositando mais uma vez a sua fé no estúdio com este novo projeto Vejam:

“Lionsgate sempre foi o lar cinematográfico de Jogos Vorazes e estou muito contente por voltar a eles com este novo livro.”

“Desde o início, eles trataram o material original com grande respeito, honrando os elementos temáticos e narrativos da história e montando uma equipe incrível tanto na frente quanto atrás das câmeras.

É um prazer reunir-se com Nina, Francis e Michael para adaptar o romance para a tela, e tê-los compartilhando seus talentos notáveis, mais uma vez, com o mundo de Panem. Estou ansioso para colaborar com eles e com todos na Lionsgate enquanto levamos A balada dos pássaros canoros e cobras aos cinemas em todo o mundo.”
A produção do live-action de ‘A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes’

+ Veja também: Cobra Kai | Novo teaser e data de estreia da 4ª temporada na Netflix

Agora, em 5 de agosto de 2021, o próximo filme da franquia Jogos Vorazes ganhou novos detalhes, também trazidos pelo Deadline. Pois Joe Drake (um dos chefões da Lionsgate Entertainment) disse que a produção do longa deve ser iniciada na 1ª metade de 2022. Já sobre a sua pré-produção, ele revelou estar “avançando muito, muito bem

Ainda, o spin-off teve uma previsão de estreia que se encaixará entre o fim de 2023 e o início de 2024. Fora isso, tivemos a confirmação de que Francis Lawrence (o diretor dos últimos três filmes) retornará a direção, assim como os produtores Brad Simpson e Nina Jacobson. Já Collins, irá ser produtora executiva.

O roteiro, por sua vez, ficará por parte de Michael Ardnt (Pequena Miss Sunshine), que havia trabalhado na saga como um dos roteiristas de “Jogos Vorazes: Em Chamas”.

A produção do live-action de ‘A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes’
(reprodução: Scholastic)

Finalmente, ainda não sabemos se o elenco já está bem formado. Por enquanto, o mistério paira sobre quais serão os escolhidos para retratar a versão mais jovem de Coriolanus Snow (antes vivido por Donald Sutherland) e os novatos da vez, como Lucy Gray, Sejanus Plinth, Dra. Gaul e Casca Highbottom.

0

Carregando Artigo